Mulher morre vendo TV e só é encontrada 42 anos depois


Hedviga Golik, morava em Zagreb, Croacia. Certo dia, preparou seu chazinho habitual e sentou para assistir televisão. Infelizmente, ela morreu em sua cadeira. Mas o detalhe é que isso aconteceu em 1966 e ela só foi encontrada 42 anos depois, no seu mausoléu onde ela estava sentada desde então. Coitada, ela nunca terminou seu chá.

Um outro detalhe que chama a atenção é que Hedviga estava em uma lista de desaparecidos, mas ninguém nunca se deu ao trabalho de procurar no apartamento dela. Será que realmente a procuraram em algum lugar? Afinal, que lugar mais apropriado para se procurar uma pessoa senão em sua própria casa.

Um porta-voz da polícia disse: “Quando os agentes passaram lá, eles disseram que era como se estivessem entrando em lugar congelado no tempo. A taça que ela tinha colocado o chá ainda estava em uma mesa ao lado da cadeira onde ela estava e a casa estava cheia de coisas que ninguém via há décadas. Nada tinha sido perturbado por décadas.”


0 comentários:

Comente!